sicnot

Perfil

Mundo

Sexagenário que atingiu a tiro duas pessoas em França rendeu-se à polícia

O sexagenário francês que abriu fogo esta segunda-feira, em frente a um supermercado na região de Paris, ferindo gravemente duas pessoas, entregou-se às forças de elite da polícia horas depois de se ter barricado no seu apartamento.

O tiroteio aconteceu ao fim da manhã de hoje em Port-Marly, cerca de 30 quilómetros a oeste da capital francesa. De acordo com fontes judiciais, a motivação do homem para o crime terá sido "um litígio de ordem privada".

Na sequência dos disparos uma mulher de 57 anos e um homem de 73 anos ficaram gravemente feridos, encontrando-se hospitalizados "entre a vida e a morte", explicou à agência France Presse uma fonte próxima das investigações.

Após os disparos o homem barricou-se no seu domicílio, entregando-se horas depois -- juntamente com a sua mulher -- às forças de elite da polícia francesa. O apartamento do atirador situa-se a poucas centenas do supermercado em frente ao qual o homem começou a disparar.

O autor dos tiros "é conhecido da polícia" por "questões de Direito Comum", assegurou a mesma fonte.

O tribunal de Versailles, que tem a jurisdição sobre a área onde aconteceu o crime, descartou a possibilidade de se tratar de um ato de terrorismo.

A França está em alerta máximo desde há vários meses devido a atos de terrorismo jihadista mortíferos (à bomba, a tiro ou recorrendo a atropelamentos de multidões) que já resultaram em mais de duas centenas de mortos em cidades como Paris e Nice.

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.