sicnot

Perfil

Mundo

Casal perde relógio na Tailândia e descobre roubo ao ver fotografia

Uma turista posa ao lado de duas meninas que envergam roupas coloridas, tradicionais da Tailândia, à porta do museu Wat Phra That Doi Suthep, em Chiang Mai. Uma imagem que poderia ser uma boa recordação das férias, mas que acabou por ser reveladora: o casal de turistas acabou por descobrir, ao ver a fotografia, que o relógio desaparecido tinha sido, afinal, roubado.

reddit

Na fotografia, vê-se o momento em que uma das meninas mexe no relógio da turista.

O casal só se apercebeu que teria sido roubado após ver a imagem. O homem publicou a fotografia no Reddit, com a legenda: "Namorada prestes a ser roubada".

No momento da foto, no entanto, a mulher não reparou que a menina mexia no seu relógio, pelo que posou a sorrir para a câmara.

Foram muitos os comentários à foto, muitos dos quais sobre a "técnica carteirista" das meninas - tocar a pessoa em várias partes do corpo, para que deixe de "registar" mentalmente os toques e não dê pelo roubo.

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.