sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente israelita Shimon Peres está "entre a vida e a morte"

© Reuters

O estado do ex-presidente israelita Shimon Peres, que sofreu um acidente vascular cerebral em meados de setembro, agravou-se e o estadista está "entre a vida e a morte", informou fonte próxima do político de 93 anos.

"O presidente está entre a vida e a morte", disse a fonte à agência France-Presse, pedindo anonimato. "O seu estado de saúde é muito muito difícil, os médicos estão preocupados", acrescentou.

Shimon Peres sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) a 13 de setembro e está hospitalizado perto de Telavive desde então. Internado na unidade de cuidados intensivos, tem estado sedado e com respiração assistida.

Peres é o último sobrevivente da geração dos "pais fundadores" de Israel e foi um dos principais artesãos dos acordos de Oslo, assinados com os palestinianos em 1990, o que lhe valeu a atribuição do Nobel da Paz em 1994.

Shimon Peres ocupou quase todos os mais importantes cargos políticos em Israel. Foi ministro de várias pastas em vários governos, primeiro-ministro interino, primeiro-ministro e presidente (2007-2014).

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22