sicnot

Perfil

Mundo

Extensas buscas no mar de Cabinda, Angola, após queda de helicóptero

Arquivo Reuters

A Cabinda Gulf Oil Company, subsidiária angolana da petrolífera Chevron, informou ter em curso "extensas atividades de busca e resgate" dos corpos de dois dos ocupantes de um helicóptero que se despenhou na segunda-feira com seis pessoas a bordo.

A petrolífera informou em comunicado que as operações decorrem no mar e envolvem uma equipa de busca e resgate com 19 embarcações e três helicópteros, tendo já sido localizados os restos mortais de quatro dos ocupantes.

Acrescenta que o helicóptero era operado pela empresa Heli Malongo, ao serviço da Cabinda Gulf Oil Company, e que partiu do terminal do Malongo pelas 15:23 de segunda-feira, com destino às instalações de Tômbwa-Lândana, no mesmo enclave, a norte.

"O referido helicóptero não chegou ao destino pretendido", lê-se no comunicado da petrolífera, que sublinha decorrerem ainda "extensas atividades de busca e resgate".

Além do piloto, o helicóptero transportava cinco trabalhadores, um dos quais da própria petrolífera e os quatro restantes de empresas subcontratadas.

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.