sicnot

Perfil

Mundo

Milhares nas ruas do México no 2.º aniversário do desaparecimento de 43 estudantes

Milhares nas ruas do México no segundo aniversário do desaparecimento de 43 estudantes

© Henry Romero / Reuters

Milhares de pessoas marcharam na Cidade do México ao lado dos pais de 43 estudantes desaparecidos há dois anos, exigindo que sejam encontrados vivos.

Os manifestantes gritaram "Queremo-los vivos!" no segundo aniversário do desaparecimento dos estudantes enquanto atravessavam a principal avenida da capital mexicana, com os pais a liderarem a marcha, segurando fotografias dos seus filhos.

"Foram dois anos de dor e sofrimento", disse Felipe de la Cruz, porta-voz das famílias.

"Vamos derrubar este Governo podre com o vosso apoio", disse à multidão.

Os estudantes desapareceram na cidade de Iguala, a 26 de setembro de 2014, depois de o autocarro onde viajavam ter sido sequestrado e os jovens atacados por polícias locais.

O Ministério Público afirma que os agentes entregaram os 43 estudantes ao cartel de droga Guerreros Unidos, que os matou e incinerou os corpos numa lixeira, depositando os restos mortais num rio.

As autoridades identificaram apenas os restos mortais de um estudante, depois de um fragmento de osso ter sido encontrado no rio.

No entanto, especialistas independentes da Comissão Interamericana dos Direitos Humanos rejeitam a conclusão do Governo, argumentando que uma pira funerária de tal dimensão numa lixeira é cientificamente impossível.

Desde então o gabinete do procurador-geral concordou em conduzir novas buscas pelos estudantes noutros locais.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.