sicnot

Perfil

Mundo

Nasceu um bebé com três pais

© Kacper Pempel / Reuters

É um rapaz o primeiro bebé que nasceu com recurso a uma nova técnica que junta genes de três pessoas. Tem o ADN normal do pai e da mãe, juntamente com uma parte do código genético de um doador.

A descoberta foi anunciada hoje, mas o bebé, um rapaz, tem atualmente cinco meses e nasceu nos EUA. De acordo com a New Scientist, a nova técnica dos "Três Pais" foi usada pela primeira vez, de modo a garantir que o bebé não fosse afetado por uma condição genética que a mãe carrega nos seus genes.

Os especialistas dizem que este método anuncia uma nova era na medicina e que pode vir a ajudar outras famílias com problemas genéticos raros. Contudo, alertam que é preciso ser feito um controlo rigoroso a esta nova técnica chamada doação mitocondrial.

As mitocôndrias são um organito do citoplasma celular, com funções importantes na respiração e nas trocas de energia das células. Algumas mulheres carregam defeitos genéticos nas mitocôndrias, o que pode fazer com que os seus filhos tenham também o mesmo problema. Agora, uma equipa de médicos desenvolveu uma série de maneiras para contornar a situação, como foi o caso deste bebé.

A equipa dos EUA teve de viajar até ao México para realizar o procedimento - as leis norte-americanas proíbem tal procedimento -, usando um método que rapara as mitocôndrias no óculo da mãe, antes da fertilização no laboratório com o esperma do pai.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras