sicnot

Perfil

Mundo

Neandertais faziam joias com dentes de animais e conchas

Há cerca de 42.000 anos, os neandertais fabricavam pequenas peças de joalheria a partir de dentes de animais, conchas e marfim, revela um novo estudo. A investigação vem demonstrar que estes hominídeos desenvolveram capacidades artísticas antes de serem extintos.

"Agora sabemos que os últimos neandertais na Europa fabricaram artefactos que nós não conhecíamos na cultura material dos neandertais em períodos anteriores", refere à Live Science o responsável da investigação Frido Welker, doutorando no Instituto Max Planck de Antropologia, na Alemanha.

Esta pesquisa baseou-se nos artefactos e ossadas encontrados na gruta de Renne, em Arcy-sur-Cure, na Borgonha, cerca de 200 quilómetros a sudeste de Paris. A descoberta desta gruta aconteceu em 1949 e desde então o seu conteúdo tem sido estudado. Os artefactos descobertos são de há cerca de 50.000 a 40.000 anos, um período no qual o homo sapiens coabitou com os neandertais, levando à sua expulsão da Europa.

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.