sicnot

Perfil

Mundo

Detidos cinco suspeitos de ligações ao Daesh em Espanha, Alemanha e Bélgica

As polícias de Espanha, Alemanha e Bélgica detiveram cinco suspeitos de formarem uma célula do Daesh, anunciaram hoje as autoridades espanholas.

Em Espanha forma detidas três pessoas (duas em Barcelona e uma em Melilla), na Alemanha uma (em Wuppertal) e na Bélgica outra, em Bruxelas, revelou o Ministério do Interior de Espanha.

Os cinco detidos "formavam uma célula com uma estrutura perfeitamente organizada que, seguindo as orientações da organização terrorista Daesh [Estado Islâmico], atuava através de diferentes canais da Internet", segundo a mesma fonte.

As autoridades espanholas dizem que uma página no Facebook administrada pelos detidos na Bélgica e na Alemanha contava com mais de 32.500 seguidores e "as suas publicações, maioritariamente em espanhol, com o pretexto de divulgar conteúdo religioso intercalava mensagens e comentários de carater radical" e de apoio ao Estado Islâmico.

Segundos a investigação policial, o grupo tentava "incitar à realização de atentados terroristas" e de pôr em prática "de forma consciente a tática de guerra conhecida como terror informativo"-

O grupo dedicava-se ainda a localizar e escolher "elementos radicais para proceder ao seu adequado doutrinamento e captação como colaboradores", a dar contactos aos angariados como futuros combatentes do Estado Islâmico, de forma a faze-los chegar a territórios controlados pela organização terrorista, e a servir como aparelho de propaganda.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.