sicnot

Perfil

Mundo

Detidos cinco suspeitos de ligações ao Daesh em Espanha, Alemanha e Bélgica

As polícias de Espanha, Alemanha e Bélgica detiveram cinco suspeitos de formarem uma célula do Daesh, anunciaram hoje as autoridades espanholas.

Em Espanha forma detidas três pessoas (duas em Barcelona e uma em Melilla), na Alemanha uma (em Wuppertal) e na Bélgica outra, em Bruxelas, revelou o Ministério do Interior de Espanha.

Os cinco detidos "formavam uma célula com uma estrutura perfeitamente organizada que, seguindo as orientações da organização terrorista Daesh [Estado Islâmico], atuava através de diferentes canais da Internet", segundo a mesma fonte.

As autoridades espanholas dizem que uma página no Facebook administrada pelos detidos na Bélgica e na Alemanha contava com mais de 32.500 seguidores e "as suas publicações, maioritariamente em espanhol, com o pretexto de divulgar conteúdo religioso intercalava mensagens e comentários de carater radical" e de apoio ao Estado Islâmico.

Segundos a investigação policial, o grupo tentava "incitar à realização de atentados terroristas" e de pôr em prática "de forma consciente a tática de guerra conhecida como terror informativo"-

O grupo dedicava-se ainda a localizar e escolher "elementos radicais para proceder ao seu adequado doutrinamento e captação como colaboradores", a dar contactos aos angariados como futuros combatentes do Estado Islâmico, de forma a faze-los chegar a territórios controlados pela organização terrorista, e a servir como aparelho de propaganda.

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.