sicnot

Perfil

Mundo

E se Tom Hanks aparecesse no seu casamento?

Meg Miller Photography

O casal norte-americano Elisabeth e Ryan queriam um casamento "à Hollywood". Para a tradicional sessão de fotos, escolheram o Central Park, em Nova Iorque, que tantas vezes já serviu de cenário a enlaces no grande écrã. Do que certamente Elisabeth e Ryan não estavam à espera é que um dos mais famosos atores de cinema - Tom Hanks - aparecesse acidentalmente no seu casamento e se juntasse aos noivos na sessão fotográfica.

Tom Hanks fazia a sua habitual corrida no Central Park, no sábado, quando quase chocou contra Elisabeth e Ryan, que de véu e grinalda e smoking posavam para as fotografias.

O ator, galardoado com o Óscar, acabou por felicitar os noivos, com quem partilhou alguns momentos e fotografias.

Hanks publicou uma das fotografias no Twitter, partilhando-a com mais de 12 milhões de seguidores.

A imagem já teve 11 mil "gostos" na rede social, além dos 67 mil no Instagram do ator e dos mais de 33 mil comentários no Facebook de Meg Miller, a fotógrafa "oficial" do casamento.

Meg Miller Photography

Meg Miller Photography

"Estávamos a forografas os noivos no Central Park e um tipo a correr em fato de treino começou a abrandar junto do casal, aproximou-se, tirou o boné e os óculos e disse: 'Olá, sou o Tom Hanks'", contou a fotógrafa à BBC.

"Perguntou-lhes os nomes e desejou-lhes felicidades e antes de se ir embora pediu para tirar uma selfie com eles", acrescentou.

Durante a lua de mel no Hawai, o noivo contou também à BBC:

"Um homem tocou-nos no ombro e apresentou-se como Tom Hanks. Foi bastante surreal. Foi tão simpático e gentil. Podia ter continuado a correr, mas posou para as fotos connosco e com as nossa família", disse.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.