sicnot

Perfil

Mundo

Obama entre líderes mundiais esperados no funeral de Shimon Peres

Reuters

Diversos líderes mundiais, entre os quais Barack Obama, deverão assistir na sexta-feira em Jerusalém ao funeral do ex-presidente israelita Shimon Peres, que morreu hoje aos 93 anos, segundo os meios de comunicação locais.

De acordo com as mesmas notícias, confirmaram a sua presença o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, além do seu secretário de Estado, John Kerry; a candidata presidencial democrata a Casa Branca, Hillary Clinton, e o seu marido e ex-Presidente norte-americano, Bill Clinton.

O Papa Francisco também é esperado nas cerimónias, assim como líderes do Reino Unido, Canadá e de outros países da América do Sul, Ásia e África.

Não foram ainda divulgadas, porém, informações sobre a participação de líderes de países árabes vizinhos.

O canal 10 da televisão israelita adiantou que já se iniciaram os preparativos no cemitério do Monte Herzl e que o túmulo de Shimon Peres ficará localizado entre os dos ex-primeiros-ministros Isaac Rabin e Isaac Shamir.

O parlamento suspendeu entretanto todas as atividades previstas para quinta-feira, dado que o corpo do Nobel da Paz ficará exposto no Kneset para que os israelitas possam prestar-lhe homenagem.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, encabeça, esta manhã, uma sessão especial do conselho de ministros em que vai ser cumprido um minuto de silêncio em memória de Peres.

Mais tarde, analisar-se-á, no seio de uma comissão de protocolo liderada pela titular da pasta da Cultura, Miri Reguev, os preparativos das cerimónias fúnebres, encontro que contará com um membro da família de Peres.

Nos próximos dias é esperado um destacamento de efetivos de forças de segurança israelitas e estrangeiras sem precedentes em mais de duas décadas nas ruas de Jerusalém, similar ou maior ao que se verificou no funeral de Isaac Rabin, assassinado em 1995.

Peres era o último sobrevivente da geração dos "pais fundadores" de Israel e ocupou quase todos os mais importantes cargos políticos em Israel: foi ministro de várias pastas em diversos governos, primeiro-ministro interino, primeiro-ministro e Presidente (2007-2014).

Em 1994, foi distinguido com o prémio Nobel da Paz, a par com Isaac Rabin e pelo líder palestiniano Yasser Arafat, pelo seu papel na negociação dos acordos de Oslo, assinados em 1993.

  • Perfil do último dos "arquitetos" de uma paz que não prosperou
    2:26

    Shimon Peres 1923-2016

    Shimon Peres era o último sobrevivente da geração dos "pais fundadores" de Israel, e um dos responsáveis pelos acordos de Oslo, com a Palestina, que lhe valeram a distinção com o Prémio Nobel da Paz. O ex-Presidente israelita morreu hoje, aos 93 anos. O estadista sofreu um acidente vascular cerebral a 13 de setembro e encontrava-se hospitalizado desde então. A reportagem sobre o perfil de Shimon Peres é do correspondente da SIC em Israel, Henrique Cymerman.

  • "Estamos vivos"
    11:41

    Reportagem Especial

    Os incêndios de 15 de outubro provocaram sete milhões de euros de prejuízos em empresas da região Norte. Castelo de Paiva foi o concelho mais atingido, o fogo destruiu várias casas e empresas que davam trabalho a cerca de 200 pessoas. Um mês depois do incêndio, a Reportagem Especial da SIC foi ver o que está a ser feito para ajudar a população.

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39

    Operação Marquês

    A Caixa Geral de Depósitos tentou cortar para metade o salário do presidente do Conselho de Administração de Vale do Lobo, mas não conseguiu. Diogo Gaspar Ferreira ganhava 420 mil euros por ano, quando o empreendimento estava enterrado em dívidas. A Autoridade Tributária estima também que o arguido da Operação Marquês não tenha declarado 400 mil euros pagos pelo aldeamento.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Político oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50