sicnot

Perfil

Mundo

Será o fim dos BlackBerry?

© Reuters

A BlackBerry vai deixar de produzir hardware e passar a fabricar exclusivamente software. Não estão previstos novos telemóveis da marca, mas se vir por aí um novo fique a saber que não foi produzido pela empresa. O anúncio foi feito pelo CEO, John Chen, esta quarta-feira.

Com dificuldade em acompanhar o ritmo das concorrentes Apple e Samsung, a BlackBerry não tem previstos novos lançamentos de smartphones. No entanto, isso não significa que deixem de existir.

"A empresa planeia encerrar por completo o fabrico de hardware, passando essa função a terceiros", anunciou John Chen, que em maio já tinha dito que até este mês seria feita uma avaliação à rentabilidade do mercado.

Caso a medida não seja suficiente para equilibrar as contas, o CEO confirmou que a empresa, conhecida pelos telemóveis com teclado Qwerty e pensados para o mundo empresarial, deixará definitivamente o negócio dos smartphones.

A Blackberry sofreu uma perda de mais de 331 milhões de euros no último trimestre, comparado com o lucro de 45 milhões no mesmo período do ano passado. Até agora, as vendas deste ano caíram em mais de 650 milhões de euros.

Para o futuro a empresa tem outro objetivo: "Estamos focados no desenvolvimento de software, incluindo segurança e aplicações", o que de acordo com Chen já está a funcionar.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Samsung vai vender modelos reparados do Galaxy Note 7

    Economia

    A Samsung Electronics anunciou hoje que vai vender e alugar telemóveis reparados do modelo Galaxy Note 7 depois de no ano passado a empresa ter decidido suspender a respetiva produção devido a incêndios nas baterrias de íon-lítio.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.