sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Alemanha criticam russos e sírios pelos ataques em Alepo

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a chanceler alemã, Angela Merkel, condenaram na quinta-feira os "bárbaros" bombardeamentos perpetrados pelas forças russas e sírias na parte rebelde da cidade de Alepo, Síria.

"O Presidente e a chanceler condenaram os bárbaros raides dos russos e do regime sírio no leste de Alepo, uma zona onde habitam centenas de milhares de civis, maioritariamente crianças", indicou, em comunicado, a Casa Branca, depois de uma conversa telefónica entre os dois dirigentes.

Para Barack Obama e Angela Merkel, a Rússia e o regime sírio "têm uma responsabilidade especial para pôr fim aos combates na Síria e dar à ONU o acesso humanitário às áreas sitiadas e de difícil acesso no país".

Apesar dos apelos provenientes de todos os lados para se acabar com os bombardeamentos em Alepo, a Rússia não manifestou qualquer intenção de fazer parar o conflito, apesar da catástrofe humana em curso na cidade.

A guerra na Síria, com início em 2011, já provocou mais de 300.000 mortos.

Lusa

  • Condutora que atropelou peregrinos "internada compulsivamente"

    País

    A condutora do veículo que hoje atropelou seis peregrinos na Estrada Nacional 365, em Alcanena, apresentava problemas do foro psicológico e teve de ser internada compulsivamente. O atropelamento esta madrugada fez uma vítima mortal, um homem, e feriu cinco pessoas, uma das quais em estado grave.

  • Maduro deve ser reeleito em eleições contestadas pela oposição
    1:46

    Mundo

    Os venezuelanos elegem hoje o Presidente que deverá estar à frente do país até 2025. Há quatro candidatos, mas Nicolás Maduro é o favorito na corrida. A oposição apelou ao boicote e vários países da América e das Caraíbas, os EUA e a UE já avisaram que não reconhecerão resultados de uma eleição que não é livre nem transparente.

  • A solução de Elon Musk para os engarrafamentos em Los Angeles
    1:23