sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Alemanha criticam russos e sírios pelos ataques em Alepo

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a chanceler alemã, Angela Merkel, condenaram na quinta-feira os "bárbaros" bombardeamentos perpetrados pelas forças russas e sírias na parte rebelde da cidade de Alepo, Síria.

"O Presidente e a chanceler condenaram os bárbaros raides dos russos e do regime sírio no leste de Alepo, uma zona onde habitam centenas de milhares de civis, maioritariamente crianças", indicou, em comunicado, a Casa Branca, depois de uma conversa telefónica entre os dois dirigentes.

Para Barack Obama e Angela Merkel, a Rússia e o regime sírio "têm uma responsabilidade especial para pôr fim aos combates na Síria e dar à ONU o acesso humanitário às áreas sitiadas e de difícil acesso no país".

Apesar dos apelos provenientes de todos os lados para se acabar com os bombardeamentos em Alepo, a Rússia não manifestou qualquer intenção de fazer parar o conflito, apesar da catástrofe humana em curso na cidade.

A guerra na Síria, com início em 2011, já provocou mais de 300.000 mortos.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.