sicnot

Perfil

Mundo

Kristalina Georgieva defende candidatura à ONU esta segunda-feira

Kristalina Georgieva defende candidatura à ONU esta segunda-feira

Kristalina Georgieva vai defender a sua candidatura à liderança da ONU, na Assembleia Geral, na próxima segunda-feira. Além do apoio do Governo da Bulgária, a candidata é apoiada por Angela Merkel. Georgieva é já considerada a candidata mais difícil para António Guterres.

  • "Esta era a candidata que se temia há algum tempo"
    6:58

    Opinião

    A búlgara Kristalina Georgieva é a nova candidata a secretária-geral da ONU. Para Ricardo Costa "esta era a candidata que se temia há algum tempo", por se tratar de uma pessoa apoiada pela Comissão Europeia e com ligações ao leste europeu. O Diretor de Informação da SIC diz ainda que a chave para a decisão de quem irá chefiar os destinos das Nações Unidas pode estar nas mãos de Vladimir Putin.

  • Guterres recusa comentar candidatura de Georgieva à ONU
    2:17

    Mundo

    Há mais uma candidata a secretária-geral da ONU. A búlgara Kristalina Georgieva tirou licença sem vencimento da vice-presidência da Comissão Europeia, para entrar na corrida às Nações Unidas. Uma candidatura que o antigo primeiro-ministro e candidato à chefia da ONU, António Guterres, não quis para já comentar.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07