sicnot

Perfil

Mundo

Uma em dez crianças tem defesas contra a sida

© Anton Meres / Reuters

Uma em cada dez crianças tem um sistema imunitário muito semelhante ao dos macacos que impede o desenvolvimento da sida.

Uma infeção por VIH que não seja tratada mata 60% das crianças em dois anos e meio, mas uma infeção igual em macacos não é fatal. Um estudo publicado na revista Science Translational Medicine revela que há crianças cujo sistema imunitário se mantém "calmo" e a doença não se desenvolve.

Os cientistas analisaram o sangue de 170 crianças da África do Sul infetadas por VIH mas que nunca tinham sido tratadas com antirretrovirais e, mesmo assim, não tinham desenvolvido sida. As análises revelaram que as crianças tinham milhares de vírus da imunodeficiência adquirida em cada mililitro do seu sangue, o que normalmente levaria o sistema imunitário a reagir desmesuradamente e a tentar combater a infeção ou a doença desenvolver-se-ia. Mas nada disto aconteceu.

"Essencialmente, o que acontece é que o sistema imunitário está a ignorar os vírus", disse à BBC Philip Goulder, um dos investigadores da Universidade de Oxford. "Lançar uma guerra contra os vírus é por vezes a pior coisa a fazer".

O VIH ataca os glóbulos brancos - os guerreiros do sistema imunitário. Quando as defesas do organismo reagem até à exaustão para matar o vírus, muitas mais dessas células vão morrer devido aos níveis elevados de inflamação.

Para os cientistas, a forma como o sistema imunitário destas crianças reage ao vírus tem imensas semelhanças com a forma como os primatas não humanos de África lidam com o vírus da imunodeficiência símia (VIS). Cerca de 40 espécies destes primatas estão infetadas pelo vírus, mas não têm uma reação imunitária excessiva nem a doença.

Acontece que os primatas tiveram milhares de anos de evolução para desenvolver formas de combater a infeção.

"A seleção natural resultou nestes casos e o mecanismo é muito semelhante ao que vemos nestas crianças", afirmou Philip Goulder.

São precisos mais estudos para perceber exatamente como funciona este mecanismo do sistema imunitário das crianças, obter informação sobre como a doença se desenvolve e determinar tratamentos mais eficazes.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC