sicnot

Perfil

Mundo

Polícia colombiana detém mais de 200 traficantes de droga

A polícia colombiana apanhou 238 suspeitos de tráfico de droga e desmantelou 15 gangues criminosos em dez dos 32 distritos do país, anunciaram esta sexta-feira as autoridades.

Os suspeitos capturados estão ligados "não apenas ao tráfico de drogas, mas também ao homicídio de 63 pessoas", declarou aos jornalistas o chefe da polícia da Colômbia, General Jorge Hernando Nieto.

A "Operação Temis II" decorreu ao longo de várias horas nos distritos (conhecidos na Colômbia por departamentos) de Antioquia, Boyaca, Caldas, Casanare, Cundinamarca, Huila, Narino, Santander, Tolima e Valle del Cauca.

As autoridades colombianas infiltraram agentes nos gangues e estes revelaram que os criminosos usavam menores, sem-abrigos, condutores de táxi e vendedores de rua para vender drogas.

"Algumas das organizações agora desmanteladas eram compostas por clãs familiares que se dedicavam a estas atividades ilícitas desde há décadas", informaram as autoridades.

Durante as operações anti-droga, as autoridades da Colômbia também apanharam os suspeitos enquanto estes cometiam crimes como homicídios, extorsão, ameaças, assaltos, posse ilegal de armas de fogo, associação criminosa e uso de menores para cometer crimes.

A Colômbia é o maior produtor mundial de planta da coca, a base para a produção de cocaína. É também o maior produtor mundial de cocaína, com um volume estimado de 646 toneladas no ano passado, segundo as Nações Unidas.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC