sicnot

Perfil

Mundo

Tufão Megi causa três mortos e 20 desaparecidos na China

Pelo menos três pessoas morreram e 20 estão desaparecidas no leste da China na sequência de um deslizamento de terras provocado na quarta-feira pelo tufão Megi, informou a imprensa oficial.

O deslizamento de 400.000 metros cúbicos de terra, na localidade de Sucun, província de Zhejiang, a partir de montanhas próximas a um vale onde estavam 40 casas, enterrou completamente metade das habitações.

As equipas de resgate encontraram, até agora três corpos, e quinze pessoas foram encontradas com vida durante os trabalhos de salvamento. Entre os mortos há uma mulher de 60 anos e uma criança de seis.

Vinte pessoas continuam desaparecidas sob os escombros.

Cerca de 1.400 habitantes da aldeia foram levados para outras áreas, enquanto 2.200 pessoas participam dos trabalhos de resgate.

Também na província de Zhejiang, seis pessoas desapareceram na aldeia de Baofeng, depois de um outro deslizamento de terras ter enterrado várias habitações.

O tufão Megi causou também inundações em amplas áreas junto à costa do sul e leste da China, sobretudo nas províncias de Zhejiang e Fujian.

Antes de chegar à China, o tufão Megi passou por Taiwan, tendo causado quatro mortos, mais de 600 feridos, quase 15.000 deslocados e grandes danos nas infraestruturas da ilha.

Lusa

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40