sicnot

Perfil

Mundo

UNICEF diz que crianças gravemente feridas em Alepo morrem sem tratamento

Os menores gravemente feridos em Alepo (Síria) acabam por morrer sem tratamento devido à falta de medicamentos e de equipamento médico, disse hoje o porta-voz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Kieran Dwyer.

Numa entrevista telefónica à agência EFE, o porta-voz, que está em Damasco, disse ter obtido a informação de um médico de Alepo que colabora com a UNICEF e com quem falou nos últimos dias.

A UNICEF tem uma equipa na zona ocidental de Alepo, controlada pelo regime, mas está impedida de operar na zona oriental, nas mãos de grupos rebeldes e cercada pelo exército, onde colabora com seis clínicas às quais não consegue entregar ajuda desde julho.

O porta-voz frisou a importância de aceder à zona oriental para retirar os feridos graves, mas assegurou que isso só pode ocorrer se cessarem os bombardeamentos.

"A prioridade é cessar os ataques. Há 250.000 pessoas sitiadas nos bairros cercados, das quais cerca de 10.000 são menores. É impossível haver bombardeamentos cerrados sem matar crianças", disse.

Por outro lado, explicou, a organização estima que haja em Alepo uma situação grave de subnutrição de crianças, uma vez que já em julho foram detetados vários casos de desnutrição infantil.

Água potável é outra necessidade prioritária, prosseguiu, referindo que está em curso uma intensa operação militar junto à estação de fornecimento de água de Suleiman al-Halabi, na zona velha de Alepo, depois de outra estação, Bab Nairab, ter sido atacada na semana passada.

"Há constantemente ataques contra tubagens, instalações de fornecimento e infraestruturas elétricas. Na zona oeste de Alepo têm água potável porque há estações de tratamento, mas na zona leste só há poços com água contaminada", disse.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.