sicnot

Perfil

Mundo

Atriz nigeriana banida da indústria cinematográfica por abraçar cantor em vídeo

Rahma Sadau foi banida da Indústria Cinematográfica da Nigéria, por abraçar o cantor Classiq num vídeo." Segundo o representante da Hausa-language, este foi um "comportamento imoral e rebelde" que obrigou a indústria a demitir a atriz nigeriana.

Conhecida por Kannywood, a Indústria Cinematográfica da Nigéria tem recebido muitas reclamações por parte do clérigo muçulmano conservador. Acusam a indústria de corromper os valores das pessoas, considerando um tabu afetos entre casais em público, tais como beijar ou andar de mão dada.

 Rahma Sadau e Classiq no vídeo "I Love You"

Rahma Sadau e Classiq no vídeo "I Love You"

Sadau participou no videoclip da música "I Love You" do cantor de pop Classiq. No vídeo, os dois dão as mãos e abraçam-se, o que vai contra aquilo que o clérigo defende.

A proibição de Sadau em participar em filmes nigerianos é vista como um exemplo a dar. Muitos defendem que a ação da atriz foi "longe de mais" e deve ser condenada.

Veja aqui o videoclip:

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.