sicnot

Perfil

Mundo

Serial killer suspeito de envenenar 48 idosos num hospital do Japão

As autoridades japonesas estão a investigar a morte de 48 idosos num hospital. O alegado autor do crime terá envenenado os pacientes através da injeção de um desinfetante nos sacos intravenosos. A polícia acredita que o suspeito tenha atuado com conhecimento de um médico.

As suspeitas instalaram-se depois da autópsia feita a dois pacientes. O resultado foi morte por envenenamento.

Segundo o Independent, tudo aconteceu no Hospital Oguchi em Yokohama. Sozo Nishikawa e Nobuo Yamaki, ambos com 88 anos, morreram a 18 e 20 de setembro, respetivamente.

Os investigadores terão encontrado dez sacos intravenosos por utilizar e com buracos nos selos de borracha no quarto andar do hospital, onde os dois idosos morreram, avança o The Japan Times.

A investigação aponta para que possa existir uma ligação entre estas mortes e a de outros 46 pacientes que estavam a ser tratados no mesmo andar.

A equipa clínica do hospital garante que não houve qualquer tipo de infeção que possa ter provocado as mortes. Já no mês passado, um funcionário do hospital sentiu-se mal depois de ingerir uma bebida que estaria misturada com lixívia.

A investigação surge dois meses depois da morte de outros 19 pacientes num local que albergava pessoas com deficiência, perto de Tóquio.

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC