sicnot

Perfil

Mundo

"Só somos grandes seres humanos quando estamos juntos"

Entrevista exclusiva

"Só somos grandes seres humanos quando estamos juntos"

É uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Larry Brilliant, médico norte-americano que ajudou a erradicar a varíola na Índia, esteve em Lisboa este fim de semana e falou à SIC sobre o seu percurso.

Larry Brilliant, médico norte-americano, viveu 10 anos na Índia onde, a trabalhar para a Organização Mundial de Saúde, ajudou a erradicar a varíola. Recorda desses tempos a vontade comum - mesmo entre russos e americanos em plena Guerra Fria -, que conseguiu pôr fim a uma pandemia que matou cerca de 500 milhões de pessoas só no século XX.

Depois de ter estado envolvido na luta contra outras doenças infecciosas, igualmente mortíferas, e ter trabalhado como voluntário em regiões atingidas por catástrofes naturais, foi diretor executivo da Google.org e mais tarde vice-presidente da própria Google.

Atualmente é presidente da Skoll Global Threats, uma organização sem fins lucrativos que procura respostas para ameaças globais como as alterações climáticas, as pandemias, ou o conflito do médio oriente. Mas é a mudança climática que Larry Brilliant coloca no topo das suas prioridades atuais, por considerar que se trata da maior ameaça que a humanidade enfrenta hoje.

Considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista Time, esteve em Lisboa este fim de semana, na Conferência Saúde Global, e falou à SIC sobre o seu percurso, desde jovem ativista dos direitos humanos cativado por Martin Luther King.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.