sicnot

Perfil

Mundo

Talibãs lançam ataque para reconquistar Kunduz

Polícia afegã patrulha ruas de Kunduz

© Nasir Wakif / Reuters

Os talibãs lançaram hoje um novo ataque contra Kunduz para retomar o controlo desta cidade no norte do Afeganistão, constatou um correspondente da AFP.

"O ataque começou por volta das 03:00 (23:30 de domingo em Lisboa) a partir das entradas sul e este; os talibãs lutam na cidade contra as forças governamentais", relatou.

O jornalista assinalou a presença de dois helicópteros do exército afegão e "combates intensos", tendo indicado que a "cidade está deserta e as lojas fechadas".

Com este ataque, os rebeldes islâmicos marcam o primeiro aniversário da sua breve tomada de Kunduz, única capital provincial que controlaram após a queda do seu regime, em 2001.

A 28 de setembro de 2015, os talibãs fizeram uma incursão em Kunduz, que conseguiram controlar durante três dias. Acabar por anunciar a retirada a 15 de outubro.

Segundo um relatório da ONU, a batalha de Kunduz fez 289 mortos e 559 feridos entre os civis.

Na contra-ofensiva, a aviação norte-americana atingiu na noite de 3 de outubro um hospital dos Médicos Sem Fronteiras, em que morreram 42 pessoas.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.