sicnot

Perfil

Mundo

Furacão Matthew causa primeiras vítimas ao atravessar as Caraíbas

O furacão Matthew, considerado uma das mais ameaçadoras tempestades dos últimos dez anos, causou as primeiras vítimas ao atravessar as Caraíbas, deixando um morto e um desaparecido no Haiti, informaram as autoridades na segunda-feira.

Mais de duas mil pessoas foram deslocadas para abrigos temporários na região de Grand Sud ao início da noite. Durante o dia, a proteção civil enfrentou dificuldades, com alguns residentes a recusarem deixar as suas casas em zonas vulneráveis, incluindo no pobre e densamente habitado bairro de Cité Soleil - onde 100 mil dos 500 mil residentes enfrentam risco de inundações - e em Cité L'Eternel, junto ao mar, na capital (Port-au-Prince).

Ventos fortes atingiram a costa sul do país mais pobre das Américas, onde habitações e edifícios frágeis deixam os residentes particularmente expostos a desastres naturais.

Os níveis da água do mar continuam a subir no sul do Haiti, na ilha de Hispaniola. Em Cayes, a terceira cidade, a água já chegava ao nível da rua, impulsionada pelas fortes chuvas.

Perante o risco de cheias, 43 detidos na prisão de Miragoane foram transferidos para Fond-des-Negres, no interior.

Inundações foram também registadas na Jamaica, com a tempestade de categoria 4 na escala Saffir-Simpson, de cinco níveis, a aproximar-se do sul.

Em Cuba foram retiradas 316 mil pessoas do leste da ilha.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51