sicnot

Perfil

Mundo

Cessar-fogo com as FARC na Colômbia termina a 31 de outubro

O Presidente da Colômbia anunciou na terça-feira que o cessar-fogo com a guerrilha das FARC, em vigor desde 29 de agosto, termina a 31 de outubro, após o acordo de paz ter sido rejeitado em referendo.

"Espero que possamos seguir em frente (...) e encontrar o acordo necessário para chegar a uma solução para este conflito", disse Juan Manuel Santos, numa declaração a partir do palácio presidencial.

O Governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) assinaram a 26 de setembro um acordo de paz histórico, prevendo a desmobilização dos 5.765 combatentes da guerrilha e a conversão das FARC em movimento político legal.

Para entrar em vigor, este texto de 297 páginas deveria ter sido aprovado pelos eleitores, uma consulta não obrigatória, mas desejada pelo Presidente, para dar "uma legitimidade maior" à paz.

Apesar de a maior parte das sondagens preverem a vitória do "sim", foi o "não" que ganhou, com 50,21% dos votos, contra 49,78%, num escrutínio em que a abstenção atingiu os 62%.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43