sicnot

Perfil

Mundo

Enviado da ONU diz que leste de Alepo enfrenta "destruição total"

A ONU emitiu esta quinta-feira um apelo sobre Alepo ao avisar que o leste da cidade enfrenta a "destruição total", e exortou os combatentes islamitas a abandonaram as suas posições para permitir o envio de ajuda aos civis.

"No máximo em dois meses, dois meses e meio, a cidade do leste de Alepo pode estar totalmente destruída", disse o enviado da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, em declarações aos jornalistas em Genebra.

A zona rebelde do leste de Alepo tem sido flagelada por uma ofensiva das forças governamentais com o apoio da aviação russo, incluindo diversos ataques a instalações hospitalares.

De Mistura assinalou que a presença de combatentes do grupo jihadista Al-Nusra na cidade tem sido utilizada como justificação por Moscovo e Damasco para este assalto continuado.

A antiga Frente Al-Nusra alterou recentemente a sua designação para Frente Fateh al-Sham na sequência da sua desvinculação à rede da Al-Qaida, apesar de se considerar que os dois grupos mantêm conexões.

"Por favor, olham para os meus olhos", referiu de Mistura num desafio direto aos líderes da Al-Nusra, antes de apelar para que abandonem Alepo.

"Caso decidam sair (de Alepo) com dignidade (...) estou pessoalmente preparado fisicamente para vos acompanhar", disse ainda o enviado da ONU.

As Nações Unidas estimam que cerca de 275.000 civis estão sob cerco no leste de Alepo, e com a impossibilidade de envio de ajuda após as forças governamentais terem controlado a última rota de abastecimento em julho.

Lusa

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.