sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos seis mortos no Quénia em ataque de extremistas

(Arquivo)

© Feisal Omar / Reuters

Pelo menos seis pessoas morreram hoje num ataque do grupo extremista somali Al Shabad na localidade de Mandera, no norte do Quénia, perto da fronteira com a Somália, noticiaram meios de comunicação social locais.

Um grupo de extremistas atacou durante a madrugada uma zona residencial onde dormiam cerca de 30 pessoas e detonou um explosivo, explicou o governador do condado de Mandera ao jornal Daily Nation.

Além de seis mortos, há vários feridos.

O Al Shabab, que aderiu formalmente à Al Qaeda em 2012, matou cerca de 500 pessoas no Quénia desde abril de 2013, em represália pelo envio de tropas para a Somália para combater grupos terroristas.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.