sicnot

Perfil

Mundo

Turquia garante que vai manter tropas do Iraque apesar dos protestos de Bagdad

Ancara garantiu esta quinta-feira que manterá tropas no Iraque apesar dos protestos de Bagdad e quando se agrava a tensão entre os dois países com o anúncio da ofensiva sobre Mossul (norte), bastião iraquiano do Daesh.

"Pouco importa o que diz o Governo iraquiano, a presença turca será mantida para combater o Daesh e para evitar uma modificação pela força da composição demográfica da região" de Mossul, assegurou o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim.

Mossul, a segunda cidade do Iraque e com maioria de população sunita, caiu em poder do Daes em junho de 2014 e Bagdad, apoiado pelos países da coligação internacional anti-Daesh, prepara uma ofensiva para retomar a localidade.

Território otomano durante quatro séculos, Mossul, com cerca de um milhão de habitantes segundo dados recentes da ONU, foi integrado no Iraque na sequência da Primeira Guerra Mundial e o desmembramento do império otomano. Ancara reivindica direitos históricos sobre esta cidade e instalou nos seus arredores a base de Bachiqa, suscitando forte apreensão em Bagdad.

Segundo os media turcos, cerca de 2.000 soldados turcos estão colocados no Iraque, incluindo 500 em Bachiqa e onde treinam voluntários iraquianos sunitas no âmbito dos preparativos para a "reconquista" de Mossul.

Na terça-feira os deputados iraquianos apelaram ao Governo para adotar medidas de retaliação contra Ancara após um voto no parlamento turco que prolonga o mandato que autoriza a intervenção das tropas turcas no Iraque e Síria, e qualificando de "força de ocupação" a presença militar da Turquia em Bachiqa.

O Iraque também reagiu de forma negativa às declarações do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan, que no sábado considerou que a "libertação de Mossul" deverá ser apenas concretizada pelos que possuem ligações étnicas e religiosas com a cidade, excluindo assim a participação de milícias xiitas ou dos rebeldes curdos do YPG, considerados por Ancara um prolongamento do ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Num sinal das crescentes tensões entre os dois vizinhos, Ancara pediu explicação na terça-feira ao embaixador iraquiano em Bagdad e convocou o embaixador turco, segundo fontes dos dois ministérios dos Negócios Estrangeiros citados pela agência noticiosa France-Presse.

"Quando as tropas de 63 países estão presentes no Iraque, não é razoável para as autoridades iraquianas focarem-se na presença turca", acrescentou Yildirim. Na sua perspetiva, a atitude de Bagdad "não traduz uma boa-fé".

Com Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17