sicnot

Perfil

Mundo

"As pessoas tendem a não dar ouvidos às autoridades"

Correspondente SIC

"As pessoas tendem a não dar ouvidos às autoridades"

Luís Costa Ribas

Luís Costa Ribas

Correspondente SIC

O furacão Mathew dirige-se agora para os Estados norte-americanos da Geórgia e da Carolina do Sul, depois de ter atingido a Flórida. O correspondente da SIC nos Estados Unidos, Luís Costa Ribas, diz que "as pessoas tendem a não dar ouvidos às autoridades" e por isso todo o dispositivo de prevenção foi reforçado para que não se repita um episódio semelhante ao que aconteceu com o Katrina. Esta sexta-feira Barack Obama aconselhou os cidadãos a dirigirem-se aos postos de ajuda existentes.

  • Português na Florida afirma que ventos continuam fortes
    4:01

    Mundo

    Eddie Branquinho está a viver na Florida e falou com a SIC sobre o furacão Matthew, que já fez um morto no estado norte-americano. O português diz que os ventos continuam fortes, mas já abrandaram um "pouco". Eddie Branquinho relata que está a ouvir as árvores caírem sobre a sua casa. O português falou ainda sobre a maneira como os oficiais pedem às pessoas para se prepararem para este tipo de situações.

  • NASA divulga imagens do furacão Matthew
    0:57

    Mundo

    A NASA divulgou imagens que mostram a dimensão do furacão Matthew. Trata-se de um pequeno vídeo, captado a partir da estação espacial internacional. É possível ver o enorme rasto deste furacão que se encontra agora a afetar solo norte-americano, com ventos muito acima dos 230 quilómetros por hora.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.