sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 180 mil casas sem luz na Florida à chegada do furacão Matthew

Cerca de 180 mil casas estão sem luz na Florida (EUA) devido à aproximação do furacão Matthew, com ventos de até 210 quilómetros por hora, que pode tocar terra nas próximas horas e fez mais de 300 mortos no Haiti.

De acordo com a empresa Florida Power & Light, a principal elétrica do estado, à 01:00 (06:00 em Lisboa), 179.980 casas estavam sem luz, a maioria em Palm Beach (71.010) e Martin (26.430).

O número, que somado às 88.660 casas onde já foi restabelecido o serviço, resulta num total de 268.640 afetadas pelo Matthew, um furacão que o governador da Florida, Rick Scott, apresenta como uma ameaça "mortal" para os cidadãos.

À mesma hora, o Matthew estava a 80 quilómetros de Vero Beach e a 140 quilómetros de Cabo Canaveral, sede do centro espacial da NASA, a agência espacial norte-americana, de acordo com um boletim do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

O Matthew avança a 20 quilómetros por hora em direção noroeste e mantém-se como furacão de categoria 4 numa escala de 5, com ventos máximos sustentáveis de 210 quilómetros por hora.

De acordo com o NHC, "ventos com força de tempestade tropical" sentem-se ao longo de toda a costa oriental da Florida.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama declarou estado de emergência na Florida, Carolina do Sul e Georgia, de modo a permitir assistência federal.

Ao passar pelo Haiti, o Matthew causou pelo menos 283 mortos, segundo o governo do país.

Lusa

  • Marcelo regressa à televisão ao domingo
    0:36

    Programas

    Um ano depois de ser eleito, entre o sucesso popular e o compromisso político, eis a primeira entrevista do Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa regressa à televisão ao domingo, para uma entrevista exclusiva no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Descarrilamento de comboio na Índia faz quase 40 mortos
    1:15

    Mundo

    Quase 40 pessoas perderam a vida e mais de 50 ficaram feridas, algumas em estado muito grave, num descarrilamento, no estado de Andhra Pradesh, no sudeste da Índia. O acidente aconteceu às de sábado e a esta hora as equipas de socorro ainda procuram cadáveres por entre os escombros do que resta do comboio.