sicnot

Perfil

Mundo

Conservadores e centristas anunciam novo Governo de coligação na Croácia

A conservadora União Democrática Croata (HDZ), vencedora por maioria relativas das legislativas de 11 de setembro na Croácia, firmou uma coligação de Governo com o partido centrista e católico Most, confirmaram esta sexta-feira os líderes das duas formações.

"Chegámos a acordo para a organização do Governo. Espero uma maioria parlamentar estável e um trabalho eficaz nos próximos quatro anos que temos por diante", declarou o líder da HDZ, Andrej Plenkovic, em conferência de imprensa conjunta com o responsável do Most, Bozo Petrov.

O líder conservador afirmou garantir o apoio de 90 dos 151 deputados do Parlamento, e admitiu que poderá garantir mais apoios no hemiciclo a partir de segunda-feira, quando a Presidente Kolinda Grabar-Kitarovic iniciar as consultas sobre a formação do novo governo.

O HDZ obteve nas eleições legislativas de 11 de setembro 61 lugares, enquanto os rivais sociais-democratas (SPD) garantiram 54 representantes e o Most, terceira força mais votada, 13 deputados.

Plenkovic também conta com os oito deputados que representam as minorias nacionais e com o apoio de diversos partidos minoritários que também entraram no parlamento.

O líder do Most, com fortes ligações à hierarquia católica da Croácia, considerou por sua vez que "a forma como negociámos nestas três semanas garante um governo estável e que realize as reformas necessárias para a Croácia".

O HDZ e o Most integravam o governo cessante, que tomou posse em janeiro, mas que foi derrubado em junho no Parlamento pela própria HDZ, devido a divergências internas.

Os conservadores elegeram em junho Plenkovic para a liderança do partido, um político considerado mais moderado e conciliador que o seu antecessor, Tomislav Karamarko.

Os analistas consideram que Plenkovic tem um perfil que lhe permite um diálogo mais distendido com os restantes partidos, mas deverá provar que consegue conter o setor mais direitista do seu próprio partido.

Plenkovic e Petrov informaram que o Most terá um dos quatro vice-presidentes do futuro governos e três ministros, Interior, Justiça e Ambiente humano, e ainda o sector da Energia, até agora incluído na Economia.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.