sicnot

Perfil

Mundo

Conservadores e centristas anunciam novo Governo de coligação na Croácia

A conservadora União Democrática Croata (HDZ), vencedora por maioria relativas das legislativas de 11 de setembro na Croácia, firmou uma coligação de Governo com o partido centrista e católico Most, confirmaram esta sexta-feira os líderes das duas formações.

"Chegámos a acordo para a organização do Governo. Espero uma maioria parlamentar estável e um trabalho eficaz nos próximos quatro anos que temos por diante", declarou o líder da HDZ, Andrej Plenkovic, em conferência de imprensa conjunta com o responsável do Most, Bozo Petrov.

O líder conservador afirmou garantir o apoio de 90 dos 151 deputados do Parlamento, e admitiu que poderá garantir mais apoios no hemiciclo a partir de segunda-feira, quando a Presidente Kolinda Grabar-Kitarovic iniciar as consultas sobre a formação do novo governo.

O HDZ obteve nas eleições legislativas de 11 de setembro 61 lugares, enquanto os rivais sociais-democratas (SPD) garantiram 54 representantes e o Most, terceira força mais votada, 13 deputados.

Plenkovic também conta com os oito deputados que representam as minorias nacionais e com o apoio de diversos partidos minoritários que também entraram no parlamento.

O líder do Most, com fortes ligações à hierarquia católica da Croácia, considerou por sua vez que "a forma como negociámos nestas três semanas garante um governo estável e que realize as reformas necessárias para a Croácia".

O HDZ e o Most integravam o governo cessante, que tomou posse em janeiro, mas que foi derrubado em junho no Parlamento pela própria HDZ, devido a divergências internas.

Os conservadores elegeram em junho Plenkovic para a liderança do partido, um político considerado mais moderado e conciliador que o seu antecessor, Tomislav Karamarko.

Os analistas consideram que Plenkovic tem um perfil que lhe permite um diálogo mais distendido com os restantes partidos, mas deverá provar que consegue conter o setor mais direitista do seu próprio partido.

Plenkovic e Petrov informaram que o Most terá um dos quatro vice-presidentes do futuro governos e três ministros, Interior, Justiça e Ambiente humano, e ainda o sector da Energia, até agora incluído na Economia.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.