sicnot

Perfil

Mundo

Detetada atividade em base norte-coreana de testes nucleares

Imagens publicadas hoje mostram atividade na base de testes nucleares da Coreia do Norte, que na segunda-feira vai celebrar o aniversário da fundação do seu partido único.

As fotografias, tiradas a 01 de outubro e publicadas e analisadas hoje pelo portal especializado 38 North, mostram atividade nos túneis da base de Punggye-ri, onde o regime norte-coreano realizou os seus cinco testes nucleares subterrâneos, o mais recente a 09 de setembro.

A análise explica que a atividade no chamado Portal Norte, onde se realizou a última detonação nuclear, pode corresponder a diversos motivos "que incluem a recolha de dados pós-teste, o selar da galeria ou a preparação de um novo teste".

Também é possível ver um aumento da atividade perto de uma das entradas do chamado Portal Sul, e ainda que se considere que o objetivo não é igualmente claro, é dado como certo que este complexo de galerias tem capacidade para suportar uma nova explosão nuclear, segundo explica o portal, ligado à Universidade Johns Hopkins.

A Coreia do Norte celebra no dia 10 o 71.º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores, uma das efemérides mais importantes do país.

No domingo, dia 09, vão também cumprir-se dez anos desde o primeiro teste nuclear em Punggye-ri.

O regime de Pyongyang tem por hábito realizar testes de armamento perto de datas importantes do seu calendário, como foi o caso do teste nuclear de setembro, realizado no aniversário da fundação nacional.

Os governos de países vizinhos como a Coreia do Sul e o Japão informaram hoje que estão a vigiar de perto os movimentos do regime de Kim Jong-un, perante a possibilidade de um novo teste.

A ONU já castigou Pyongyang com as sanções comerciais mais severas até à data ao país, após o teste de janeiro. Atualmente, Washington, Seul e Tóquio tentam chegar a acordo para uma nova resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas para penalizar o regime pelo teste de setembro.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.