sicnot

Perfil

Mundo

Papa triste com casamento entre duas antigas monjas

O papa Francisco reagiu esta sexta-feira com tristeza ao conhecer a história de amor entre duas monjas, que redundou no casamento das duas religiosas, depois de abandonarem os hábitos.

"Quanta tristeza no rosto do papa quando lhe li a notícias das duas 'monjas' esposas!", afirmou hoje o substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé, Angelo Becciu, em mensagem colocada na rede social Twitter.

Em causa está a história de Federica e Isabel, duas religiosas que decidiram abandonar a vida da Igreja e casar-se, aproveitando a recente lei que permite em Itália as uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, aprovada em maio último.

Estas duas mulheres, uma italiana e outra da América do Sul, de 44 e 20 anos, casaram-se em 28 de setembro no município de Pinerolo, na região do Piemonte, informou a imprensa local.

O diário "La Repubblica" publicou hoje uma entrevista ao par em que referem que o seu amor surgiu durante uma missão na Guiné-Bissau, "trabalhando lado a lado a favor dos pobres", como faziam desde que se tornaram monjas com 20 anos.

As duas asseguraram que recusaram "um conselho que se escuta com frequência nos conventos, o de viverem juntas como irmãs: 'Basta que não digam nada e não provoquem escândalo', o que consideraram uma forma de estar 'cómoda e falsa'".

Salientaram também que "há muitos casos como este: sacerdotes e religiosas que vivem clandestinamente as suas relações com homens e mulheres", mas que "no Evangelho, Jesus condenou a hipocrisia, não a homossexualidade".

O diário de Turim "la Stampa" informou, por seu turno, que a união civil foi presidida pelo autarca de Pinerolo e que o ato foi seguido por uma "função religiosa" organizada por Franco Barbero, expulso do sacerdócio em 2003 por João Paulo II, por abençoar casais homossexuais.

Lusa

  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.