sicnot

Perfil

Mundo

Papa triste com casamento entre duas antigas monjas

O papa Francisco reagiu esta sexta-feira com tristeza ao conhecer a história de amor entre duas monjas, que redundou no casamento das duas religiosas, depois de abandonarem os hábitos.

"Quanta tristeza no rosto do papa quando lhe li a notícias das duas 'monjas' esposas!", afirmou hoje o substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé, Angelo Becciu, em mensagem colocada na rede social Twitter.

Em causa está a história de Federica e Isabel, duas religiosas que decidiram abandonar a vida da Igreja e casar-se, aproveitando a recente lei que permite em Itália as uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, aprovada em maio último.

Estas duas mulheres, uma italiana e outra da América do Sul, de 44 e 20 anos, casaram-se em 28 de setembro no município de Pinerolo, na região do Piemonte, informou a imprensa local.

O diário "La Repubblica" publicou hoje uma entrevista ao par em que referem que o seu amor surgiu durante uma missão na Guiné-Bissau, "trabalhando lado a lado a favor dos pobres", como faziam desde que se tornaram monjas com 20 anos.

As duas asseguraram que recusaram "um conselho que se escuta com frequência nos conventos, o de viverem juntas como irmãs: 'Basta que não digam nada e não provoquem escândalo', o que consideraram uma forma de estar 'cómoda e falsa'".

Salientaram também que "há muitos casos como este: sacerdotes e religiosas que vivem clandestinamente as suas relações com homens e mulheres", mas que "no Evangelho, Jesus condenou a hipocrisia, não a homossexualidade".

O diário de Turim "la Stampa" informou, por seu turno, que a união civil foi presidida pelo autarca de Pinerolo e que o ato foi seguido por uma "função religiosa" organizada por Franco Barbero, expulso do sacerdócio em 2003 por João Paulo II, por abençoar casais homossexuais.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.