sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de voos cancelados na Grécia antes da greve de domingo

Várias companhias aéreas cancelaram centenas de voos de e para a Grécia, antes das greves de um dia dos controladores de tráfego aéreo do país marcadas para domingo.

Egeu, maior companhia aérea do país, e a sua subsidiária Olympic Air, cancelaram todos os voos de domingo dentro ou para fora da Grécia para o domingo, quando a greve é para começar em setembro.

A companhia aérea Ryanair tem agendada a aterragem de 110 voos programados para hoje e domingo, convidando a Comissão Europeia a tomar medidas "para evitar greves repetidas que perturbam os planos de viagem de milhões de cidadãos europeus e suas famílias".

Na quarta-feira, a união de controladores de tráfego aéreo da Grécia disse que a greve de 24 horas agendada para domingo vai continuar na segunda-feira, quarta-feira e quinta-feira.

Os controladores estão contra a reestruturação proposta para a Autoridade de Aviação Civil, e acusam o governo grego de, com essa reestruturação, de avançar com a reforma de trabalhadores sem consultar o sindicato.

Por sua vez, o ministro dos transportes grego, Christos Spirtzis, acusou o sindicato dos controladores de tráfego aéreo de promover uma "greve sem exigências precisas" e "com motivações políticas", mas ressalvou estar em aberto discutir o tema com os trabalhadores.

Lusa

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40