sicnot

Perfil

Mundo

Furacão Matthew dirige-se para a Carolina do Sul

O furacão Matthew está a dirigir-se para o norte dos Estados Unidos, em direção à costa da Carolina do Sul. A tempestade tem vindo a perder força à medida que atravessa o país.

Na Flórida, os ventos chegaram a atingir os 200 quilómetros por hora. Pelo menos 4 pessoas morreram e 3 milhões abandonaram as casas para se protegerem em abrigos.

Há relato de mais de 1 milhão de pessoas sem eletricidade e danos incalculáveis em habitações e serviços.

No Haiti, à medida que as autoridades conseguem aceder às zonas mais afetadas, aumenta o número de mortos. Contam-se já mais de 870 mortais.

  • Matthew, um dos maiores furacões de sempre
    1:07

    Mundo

    O furacão Matthew, um dos maiores de que há registo, está a atingir de forma devastadora a América Central e o sudeste dos Estados Unidos, onde quatro Estados já acionaram planos de emergência.

  • "É uma experiência assustadora"
    4:54

    Mundo

    Maria Elizabeth Pereira está a viver na Florida e falou com a SIC sobre o furacão Matthew. A portuguesa diz que os ventos continuam fortes, mas que perto da sua casa a situação está estável. A portuguesa confessa no entanto tratar-se de uma "experiência assustadora" por não saber se a situação irá piorar.

  • NATO retoma diálogo com a Rússia

    Mundo

    O Conselho da NATO - Rússia foi instituído em 2002 e decorreu sem interrupções até à anexação da Crimeia, em 2014. O conflito separatista na Ucrânia dividiu a Aliança Atlântica e Moscovo e suspendeu toda a colaboração prática - desde civil a militar. Agora e na véspera da primeira reunião ministerial em Bruxelas com o estreante secretário de Estado americano Rex Tillerson, os países da NATO tentam a aproximação formal e reativação do diálogo político com Moscovo.

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12

    País

    Rui Mergulhão Mendes, especialista em 'profiling' na Emotional Business Academy, em Lisboa, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para explicar como é que um especialista em linguagem pode ajudar um tribunal a dar um veredito.