sicnot

Perfil

Mundo

Furacão Matthew dirige-se para a Carolina do Sul

O furacão Matthew está a dirigir-se para o norte dos Estados Unidos, em direção à costa da Carolina do Sul. A tempestade tem vindo a perder força à medida que atravessa o país.

Na Flórida, os ventos chegaram a atingir os 200 quilómetros por hora. Pelo menos 4 pessoas morreram e 3 milhões abandonaram as casas para se protegerem em abrigos.

Há relato de mais de 1 milhão de pessoas sem eletricidade e danos incalculáveis em habitações e serviços.

No Haiti, à medida que as autoridades conseguem aceder às zonas mais afetadas, aumenta o número de mortos. Contam-se já mais de 870 mortais.

  • Matthew, um dos maiores furacões de sempre
    1:07

    Mundo

    O furacão Matthew, um dos maiores de que há registo, está a atingir de forma devastadora a América Central e o sudeste dos Estados Unidos, onde quatro Estados já acionaram planos de emergência.

  • "É uma experiência assustadora"
    4:54

    Mundo

    Maria Elizabeth Pereira está a viver na Florida e falou com a SIC sobre o furacão Matthew. A portuguesa diz que os ventos continuam fortes, mas que perto da sua casa a situação está estável. A portuguesa confessa no entanto tratar-se de uma "experiência assustadora" por não saber se a situação irá piorar.

  • Pelo menos seis mortos em descarrilamento nos EUA

    Mundo

    Pelo menos seis pessoas morreram na sequência do descarrilamento de um comboio de passageiros, ocorrido esta segunda-feira perto da cidade norte-americana de Seattle, estado de Washington, referiu um responsável norte-americano citado pela agência noticiosa norte-americana Associated Press.

  • Comissão de trabalhadores da Autoeuropa vai entregar contraproposta
    1:39

    Economia

    A Autoeuropa vai parar entre o Natal e o Ano Novo por falta de peças para a produção. O anúncio foi feito esta segunda-feira, no dia em que foram retomadas as negociações sobre os novos horários de trabalho na fábrica de Palmela. Ainda não está nada decidido, mas a Comissão de Trabalhadores vai preparar uma contraproposta para entregar à administração que, na semana passada, impôs de forma unilateral o trabalho ao sábado.