sicnot

Perfil

Mundo

Portuguesa na Florida relata cenário de devastação

Portuguesa na Florida relata cenário de devastação

Ontem por volta da meia noite, hora de Lisboa, já se podia respirar de alívio na Florida. Uma portuguesa que vive no estado norte-americano há 10 anos, Elizabeth Pereira, contou à SIC que optou por não fugir de casa mas diz que o cenário de devastação no seu bairro é grande.

  • "As pessoas tendem a não dar ouvidos às autoridades"
    4:42

    Mundo

    O furacão Mathew dirige-se agora para os Estados norte-americanos da Geórgia e da Carolina do Sul, depois de ter atingido a Flórida. O correspondente da SIC nos Estados Unidos, Luís Costa Ribas, diz que "as pessoas tendem a não dar ouvidos às autoridades" e por isso todo o dispositivo de prevenção foi reforçado para que não se repita um episódio semelhante ao que aconteceu com o Katrina. Esta sexta-feira Barack Obama aconselhou os cidadãos a dirigirem-se aos postos de ajuda existentes.

  • Português na Florida afirma que ventos continuam fortes
    4:01

    Mundo

    Eddie Branquinho está a viver na Florida e falou com a SIC sobre o furacão Matthew, que já fez um morto no estado norte-americano. O português diz que os ventos continuam fortes, mas já abrandaram um "pouco". Eddie Branquinho relata que está a ouvir as árvores caírem sobre a sua casa. O português falou ainda sobre a maneira como os oficiais pedem às pessoas para se prepararem para este tipo de situações.

  • Portuguesa em Orlando diz que não se vê ninguém na rua
    3:25

    Mundo

    Carla Duarte está num hotel na Florida, onde falou à SIC em direto sobre o furacão Matthew que está a afetar zona. A portuguesa diz que o vento está mais calmo, contudo o nevoeiro cerrado continua. Carla Duarte afirma ainda que não se vê ninguém na rua. Todas as informações - como manter-se dentro de casa - estão a ser dadas por televisão.

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.