sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente do Iémen promete vingança contra Arábia Saudita

O ex-presidente do Iémen Ali Abdalá Saleh, aliado dos rebeldes 'huthis', prometeu hoje vingança contra a Arábia Saudita, depois do bombardeamento de sábado na capital, Saná, que provocou 140 mortos mortos.

Numa declaração televisa, Saleh instou os seus partidários a pegarem em armas e a dirigirem-se às fronteias da Arábia Saudita para lutar.

O antigo presidente apelou ainda aos Ministérios da Defesa e do Interior para que "tomem as medidas necessárias para receber os combatentes".

"Os combatentes cumprirão com o seu dever, vão vingar-se", acrescentou Saleh.

A coligação militar árabe que intervém no Iémen sob comando da Arábia Saudita negou em comunicado qualquer envolvimento nos 'raides' aéreos, garantindo não ter conduzido operações militares no local desse bombardeamento e sugeriu que deveriam ser consideradas "outras causas".

Mais de 140 pessoas foram mortas e pelo menos 525 feridas quando um bombardeamento aéreo atingiu uma cerimónia fúnebre no Iémen e os rebeldes 'huthis' acusam a coligação dirigida pelos sauditas.

Lusa

  • Mais de 140 mortos em bombardeamento no Iémen
    0:50

    Mundo

    Um ataque aéreo na capital do Iémen provocou mais de 140 mortos e mais de 500 feridos. A ofensiva decorreu durante o funeral de um familiar do Ministro do Interior do país, onde diversas personalidades locais e militares participavam nas cerimónias funebres.

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC