sicnot

Perfil

Mundo

Ex-presidente do Iémen promete vingança contra Arábia Saudita

O ex-presidente do Iémen Ali Abdalá Saleh, aliado dos rebeldes 'huthis', prometeu hoje vingança contra a Arábia Saudita, depois do bombardeamento de sábado na capital, Saná, que provocou 140 mortos mortos.

Numa declaração televisa, Saleh instou os seus partidários a pegarem em armas e a dirigirem-se às fronteias da Arábia Saudita para lutar.

O antigo presidente apelou ainda aos Ministérios da Defesa e do Interior para que "tomem as medidas necessárias para receber os combatentes".

"Os combatentes cumprirão com o seu dever, vão vingar-se", acrescentou Saleh.

A coligação militar árabe que intervém no Iémen sob comando da Arábia Saudita negou em comunicado qualquer envolvimento nos 'raides' aéreos, garantindo não ter conduzido operações militares no local desse bombardeamento e sugeriu que deveriam ser consideradas "outras causas".

Mais de 140 pessoas foram mortas e pelo menos 525 feridas quando um bombardeamento aéreo atingiu uma cerimónia fúnebre no Iémen e os rebeldes 'huthis' acusam a coligação dirigida pelos sauditas.

Lusa

  • Mais de 140 mortos em bombardeamento no Iémen
    0:50

    Mundo

    Um ataque aéreo na capital do Iémen provocou mais de 140 mortos e mais de 500 feridos. A ofensiva decorreu durante o funeral de um familiar do Ministro do Interior do país, onde diversas personalidades locais e militares participavam nas cerimónias funebres.

  • Pinto da Costa internado após queda

    Desporto

    O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, sofreu uma queda e foi internado de urgência no Hospital de São João. O acidente já foi confirmado pelo clube em comunicado.

  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11