sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 10 militares turcos mortos em ataque do PKK

Pelo menos 17 militares turcos morreram e 30 ficaram feridos hoje num ataque da guerrilha do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) contra uma esquadra no extremo sudeste da Turquia, segundo a agência semipública Anadolu.

Membros do proscrito PKK lançaram um carro bomba contra um controlo de estrada localizado ao lado de uma esquadra de polícia na província de Hakkari, na fronteira com o Iraque e o Irão, causando, pelo menos, oito mortos e cinco feridos.

No sábado, as forças armadas turcas indicaram ter matado oito guerrilheiros na mesma província, local habitual de confrontos entre as duas partes.

O PKK e o Estado turco suspenderam em julho de 2015 um cessar-fogo, que durava há mais de dois anos e meio.

Considerado como um grupo terrorista pela União Europeia, Estados Unidos e Turquia, o PKK iniciou a sua luta armada em 1984 para defender direitos da minoria curda na Turquia.

Com Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.