sicnot

Perfil

Mundo

Seul reforça vigilância após aumento de atividade em bases de Pyongyang

O exército sul-coreano reforçou este domingo a vigilância em cooperação com forças norte-americanas, face à possibilidade de a Coreia do Norte fazer um novo ensaio de armas, coincidindo com o aniversário do partido único.

"Os aliados consideram que é provável algum tipo de provocação dado que Pyongyang celebra o 71.º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores na segunda-feira (10 de outubro)", explicou este domingo o porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano citado apela agência Yonhap.

Depois de nos últimos três dias imagens captadas via satélite terem revelado um aumento da atividade nas bases de lançamento de mísseis e de testes nucleares da Coreia do Norte, Seul e Washington reforçaram os seus sistemas de vigilância.

O regime norte-coreano realiza habitualmente testes perto de datas importantes, como foi o caso do último ensaio nuclear do passado dia 09 de setembro, aniversário da sua fundação nacional.

Os Estados Unidos, que mantêm na Coreia do Sul um contingente de 28.500 efetivos, aumentaram os voos de vigilância a grande altitude, com aviões equipados com um avançado sistema de radar.

As forças armadas sul-coreanas também intensificaram os voos de reconhecimento.

O teste do passado dia 09 de setembro levou países como os Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão a impulsionarem uma nova resolução do Conselho de Segurança da ONU para a aplicação de novas sanções ao regime de Kim Jong-un.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC