sicnot

Perfil

Mundo

Tipo de explosivo encontrado na Alemanha relaciona suspeito sírio ao Daesh

O tipo de explosivo encontrado em Chemnitz, no leste da Alemanha, indicia uma relação entre o sírio procurado desde sábado e os extremistas do Daesh, noticiou hoje o jornal Bild, citando fontes da luta contra o terrorismo.

O peróxido de acetona encontrado na habitação de Jaber Albakr, de 22 anos, é um explosivo usado frequentemente pelo EI, reforçando assim a tese de que o suspeito terá recebido formação dos jihadistas, segundo as mesmas fontes.

As autoridades alemãs não avançaram oficialmente com qualquer relação entre o jovem e o Daesh.

A operação policial de captura do sírio continua, tendo a polícia do país anunciado o reforço de segurança, pelo menos, até segunda-feira, em locais como aeroportos e estações de comboio do país.

Os explosivos encontrados no sábado foram detonados, de forma controlada, pela polícia nas proximidades do apartamento, ante a impossibilidade de um transporte para um local seguro.

O peróxido de acetona é uma substância altamente explosiva, que pode ser fabricada com materiais como o ácido sulfúrico, peróxido de hidrogénio (água oxigenada) e acetona.

A substância é muito sensível à temperatura, fricção e impacto.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras