sicnot

Perfil

Mundo

Luso-descendente na Venezuela liderava gangue que assassinou o seu próprio tio

As autoridades venezuelanas detiveram dez pessoas, entre elas um luso-descendente, acusado de liderar um gangue que sequestrou e assassinou o seu próprio tio, na cidade venezuelana de Los Teques, 30 quilómetros a sul de Caracas.

Segundo fontes policiais, Anderson Iván Ramos Vega, 25 anos, conhecido pela alcunha de "El Lolo", é acusado de ter sequestrado, assassinado e enterrado o tio, Roberto Ramos (64 anos), um conhecido comerciante de Los Teques.

O sequestro aconteceu no passado dia 7 de junho, quando a vítima foi intercetada por sete homens armados ao sair da sua residência.

A viatura de Roberto Ramos foi encontrada abandonada horas mais tarde pelas autoridades.

Os raptores terão efetuado um único contato telefónico com a família.

O rastreio de telefonemas permitiu à polícia deter nove pessoas alegadamente envolvidas no sequestro, entre elas a mãe e um irmão do luso-descendente, que foi capturado há uma semana, pela Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) quando assaltava os passageiros de um autocarro em Las Adjuntas (zona oeste de Caracas).

Alguns dos detidos disseram às autoridades que a vítima foi entregue ao sobrinho ainda viva que o tio esteve dois meses em cativeiro, antes de ser assassinado.

O luso-descendente acabou por confessar e indicar às autoridades a zona arborizada onde enterrou o cadáver do tio.

A vítima era proprietária de uma loja de artigos musicais Disco Roylu, um dos estabelecimentos mais antigos de Los Teques.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.