sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de preparar atentado na Alemanha era refugiado sírio

© Axel Schmidt / Reuters

O jovem sírio que foi hoje detido, suspeito de preparar um atentado à bomba, era refugiado, segundo o jornal alemão Der Spiegel.

De acordo com o semanário, Jaber Albakr chegou à Alemanha no dia 18 de fevereiro, numa vaga de refugiados, tendo duas semanas depois solicitado formalmente asilo com um passaporte sírio, pedido que foi concedido em meados de junho.

A polícia deteve Albakr depois de quase dois dias de caça ao homem.

"Conseguimos, [estamos] realmente muito felizes: o suspeito de terrorismo [Jaber] Albakr foi detido durante a noite em Leipzig", disse a polícia através da rede social Twitter, acerca do suspeito de 22 anos.

A polícia encontrou no sábado centenas de gramas de uma "substância explosiva mais perigosa que TNT" escondida no apartamento de Albakr e disse que "até uma pequena quantidade (...) podia ter causado enormes danos".

A imprensa local reportou que o material era TATP, peróxido de acetona, um explosivo artesanal usado pelos extremistas nos ataques a Paris e Bruxelas. O peróxido de acetona é uma substância altamente explosiva, que pode ser fabricada com materiais como o ácido sulfúrico, peróxido de hidrogénio (água oxigenada) e acetona.

Acredita-se que Albakr tenha tido contacto, através da Internet, com o grupo extremista Estado Islâmico, segundo o jornal Sueddeutsche Zeitung.

Após uma denúncia da agência de serviços secretos alemã, a polícia tentou capturar o homem sírio no sábado de manhã, no seu apartamento na cidade de Chemnitz, a 85 quilómetros de Leipzig.

No entanto, Albakr conseguiu fugir à polícia. Acabou por ser apanhado depois de as autoridades terem a informação de que tinha pedido ajuda a dois sírios em Leipzig, segundo o Spiegel Online.

A polícia deteve-o na madrugada de hoje no apartamento desses dois indivíduos.

A polícia, que agendou para hoje uma conferência de imprensa, deteve três pessoas no sábado e outra no domingo, todas relacionadas com o suspeito.

Apenas um está em prisão preventiva, acusado de ser cúmplice da preparação de um ato violento para pôr em perigo a segurança do Estado.

Durante a procura pelo suspeito, as medidas de segurança foram elevadas em "infraestruturas críticas" de todo o país, uma denominação que inclui estações de comboio e aeroportos, como os de Berlim, cidade a cerca de 250 quilómetros de Chemnitz.

A Alemanha sofreu dois ataques extremistas em julho, ambos levados a cabo por requerentes de asilo, em que morreram dois terroristas e 20 pessoas ficaram feridas.

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42