sicnot

Perfil

Mundo

Atriz Shailene Woodley detida em protesto ambiental em direto no Facebook

O momento da detenção de Shailene Woodley filmado pela mãe e transmitido em direto através do Facebook Live.

facebook.com/ShaileneWoodley

A atriz norte-americana Shailene Woodley, protagonista de "Divergente" e "Snowden", foi detida ontem por violação de propriedade privada numa manifestação contra um oleoduto no Dakota do Norte, EUA. O incidente foi transmitido em direto, através do Facebook Live.

Shailene Woodley juntou-se à causa da tribo sioux de Standing Rock que contesta a construção de um oleoduto que diz profanar terra sagrada e provocar estragos ambientais.

O protesto era pacífico e a atriz de 24 anos transmitia em direto a partir do local da construção. A certa altura, a polícia rodeou-a e acusou-a de estar a violar propriedade privada. Shailene Woodley narrou a sua própria detenção dizendo: "eles agarraram-me pelo casaco e disseram que eu não tinha autorização para continuar... e têm armas gigantes e bastões e não me deixam ir".

Enquanto era levada algemada, Shailene Woodley disse que se encontrava entre centenas de manifestantes mas que foi referenciada pelo facto de ser conhecida e ter "40 mil pessoas a ver-me".

No total foram detidas 27 pessoas, segundo disse o porta-voz do xerife de Morton County, Rob Keller. Além da violação de propriedade privada, a atriz foi acusada de "incitar à violência". Esta manhã em Portugal, ainda madrugada nos EUA, ainda não havia informações sobre o paradeiro de Shailene Woodley e dos restantes detidos.

Governo e Exército dos EUA contra oleoduto

O oleoduto Dakota Access Pipeline deverá atravessar quatro estados, transportando petróleo extraído do Dakota do Norte até ao Illinois, com 1770 quilómetros. A construção, por um grupo liderado pela Energy Transfer Partners LP, tem vindo a ser adiada pelos sucessivos protestos.

No domingo, um tribunal federal rejeitou o pedido da tribo Sioux Standing Rock que apelava suspensão das obras. O tribunal acrescentou no entanto que esta decisão não era final e que necessitava da aprovação do Governo central.

Na segunda-feira, o Departamento de Justiça e o Departamento do Interior reiteraram em comunicado querer a suspensão das obras do oleoduto.

"Repetimos a nossa exigência para que a sociedade construtora do oleoduto suspenda voluntariamente toda a atividade num raio de 32 km a este e oeste do Lago Oahe".

Também o Exército dos EUA diz que não vai permitir que o oleoduto atravesse ou passe perto das suas terras em Lake Oahe.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas