sicnot

Perfil

Mundo

Detidos em Espanha e Marrocos quatro membros de células extremistas

Arquivo Reuters

Quatro homens de nacionalidade marroquina foram detidos, dois deles em Espanha (Ceuta e Alicante) e outros dois em Marrocos (Tetuão e Fnideq), numa operação conjunta entre os dois países contra o terrorismo.

Os detidos, segundo um comunicado de hoje do Ministério do Interior de Espanha, integravam duas células extremistas radicadas nos dois países, que atuavam de forma coordenada e em colaboração direta com a organização terrorista Estado Islâmico.

A operação foi realizada por agentes da Polícia Nacional e da Direção Geral de Vigilância do Território (DGST) de Marrocos, em colaboração com o Centro Nacional de Inteligência.

Os quatro detidos, segundo o Ministério do Interior, manifestam elevado nível de radicalização e compromisso com o Estado Islâmico, e dedicavam-se à doutrinação, radicalização e envio de novos extremistas para as fileiras da organização terrorista.

Para tal, recebiam instruções diretas, apoio logístico e material propagandístico de uma "katiba" (brigada) plenamente integrada no Estado Islâmico e radicada na zona do conflito sírio-iraquiano.

A operação, acrescenta o ministério, permitiu a neutralização de uma ameaça potencial para a segurança nacional, tanto em Espanha como em Marrocos.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.