sicnot

Perfil

Mundo

"Mulher Maravilha" embaixadora da ONU para a autodeterminação feminina

Warner Pictures

A "Mulher Maravilha", a personagem popular da DC Comics, será a partir deste mês embaixadora honorária das Nações Unidas para a autodeterminação de mulheres e meninas, anunciou esta quarta-feira a organização.

A heroína das séries de televisão e banda desenhada vai ser oficialmente designada como embaixadora honorária das Nações Unidas para a autodeterminação de mulheres e meninas, durante uma cerimónia em que participará o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, no dia 21 de outubro.

Na ocasião, será lançada uma cerimónia de um ano sobre igualdade de género e empoderamento das mulheres, um dos novos objetivos globais das Nações Unidas para os próximos 15 anos.

"Wonder Woman", no original em inglês, é uma das histórias mais populares da DC Comics e chegará ao grande ecrã, com a atriz israelita Gal Gadot como protagonista, num filme com o mesmo título, esperado para junho de 2017.

Lusa

  • Celebrar o Dia Internacional da Rapariga
    1:06

    Mundo

    O Dia Internacional da Rapariga assinala-se esta terça-feira. Uma ocasião para alertar para casos de risco em todo o mundo. Neste dia, também estreou um documentário de uma história inspiradora, passada na Índia.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48