sicnot

Perfil

Mundo

Vaticano questiona o Mundo que se deixa encantar tragicamente pela mentira

O secretário de Estado do Vaticano questionou esta quarta-feira, em Fátima, o Mundo que "vive segundo a lei do mais forte e se deixa tragicamente encantar pela mentira", e apelou a uma vivência na Igreja com "verdade e paz".

Na Saudação aos Peregrinos, o cardeal Pietro Parolin disse também que o Mundo "faz da corrupção o segredo duma vida bem-sucedida" e, por outro lado, elogiou quem vive com "justiça e fraternidade".

"Quem entra cheio de gratidão nos corações da Mãe, da Igreja, de Cristo, não pode deixar de ficar maravilhado, vendo neles um modo de viver diverso daquele do Mundo. Enquanto o Mundo vive segundo a lei do mais forte e se deixa tragicamente encantar pela mentira, aqueles corações vivem a lei da mansidão e da reconciliação, transbordantes de beleza, verdade e paz".

E acrescentou o chefe da diplomacia da Santa Sé: "O Mundo faz da corrupção o segredo duma vida bem-sucedida, ao passo que aqueles corações refulgem com a justiça e a fraternidade que jorram do coração da Santíssima Trindade".

Pietro Parolin apelou ainda aos peregrinos para que, nesta peregrinação que assinala os 99 anos das Aparições, experimentem, "plenamente", a "gratidão, maravilha, compromisso comum".

A 212 dias da prevista visita do papa a Fátima -- a 13 de maio de 2017 -- Pietro Parolin disse-se ainda feliz por estar na Cova de Iria, "peregrino com todos", e observou que, no coração da Igreja, "não se entra de ânimo leve, nem com ligeireza; não se entra com violência nem com a força; e também não entra com engano".

O representante do Vaticano concluiu a saudação, apelando aos peregrinos para que rezem pelo papa Francisco e também por si e que aqueles ponham de lado qualquer temor.

A peregrinação internacional de outubro iniciou-se oficialmente às 18:30 de hoje, na Capelinha das Aparições, com uma saudação a Nossa Senhora e aos peregrinos.

Pelas 21:30, decorre um dos pontos altos do primeiro dia de celebrações, a bênção solene das velas e rosário, na Capelinha das Aparições, seguindo-se a procissão das velas, no recinto, e a missa internacional.

Na quinta-feira, a celebração final começa às 09:00 com o rosário, na Capelinha das Aparições, seguindo-se, a partir das 10:00, a procissão para o altar, missa, bênção dos doentes, consagração e procissão do adeus.

Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.