sicnot

Perfil

Mundo

Donald Tusk quer trabalhar com proximidade a Guterres

© Lucas Jackson / Reuters

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse esta quinta-feira ter recebido "com grande satisfação" a escolha de António Guterres para secretário-geral das Nações Unidas, com quem afirma querer trabalhar sobre migrações, terrorismo, mudanças climáticas e paz.

Numa carta dirigida a António Guterres, Tusk afirma: "Soube com grande satisfação que hoje a Assembleia-geral o indicou, um europeu, como o próximo secretário-geral das Nações Unidas".

O presidente do Conselho Europeu reiterou que a União Europeia, "como um forte defensor do efetivo multilateralismo em temas internacionais, vai fazer o máximo" para apoiar Guterres no seu novo cargo.

"Para nós, as Nações Unidas são e continuarão a ser uma instituição central no sistema multilateral baseado em valores e princípios que defendemos, no respeito pela lei internacional, democracia, direitos humanos e paz", refere Donald Tusk, na mensagem enviada ao futuro secretário-geral das Nações Unidas, que iniciará o mandato em 01 de janeiro de 2017.

O responsável acrescenta que espera vir a trabalhar com Guterres "com proximidade" em diversos temas globais, em particular "na promoção de responsabilidade global e na partilha do fardo no âmbito das recentes vagas, sem precedentes, de migrações e refugiados, de terrorismo, das mudanças climáticas, bem como, da paz e da segurança".

António Guterres foi hoje aclamado como novo secretário-geral das Nações Unidas, numa sessão da Assembleia-geral da ONU que ratificou a escolha feita pelo Conselho de Segurança em 05 de outubro.

Guterres vai assumir a liderança das Nações Unidas por um mandato de cinco anos, até 31 de dezembro de 2021.

Lusa

  • Presidente e Governo franceses saúdam nomeação de Guterres

    Mundo

    O Presidente francês, François Hollande, felicitou hoje António Guterres pela nomeação como secretário-geral das Nações Unidas, considerando que estará "plenamente à altura" dos desafios que o mundo enfrenta, como o terrorismo, alterações climáticas e tragédias humanitárias.

  • Os principais momentos da escolha de Guterres para secretário-geral

    Guterres na ONU

    O antigo primeiro-ministro português António Guterres foi confirmado esta quinta-feira como secretário-geral da ONU, concluindo um processo de seleção considerado como o mais transparente da história das Nações Unidas. O antigo Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados venceu todas as votações realizadas pelo Conselho de Segurança, apesar de vários dirigentes políticos defenderem uma mulher da Europa de Leste para o cargo. Conheça aqui alguns dos principais momentos do processo de escolha do novo secretário-geral da ONU.

  • O que foi dito sobre António Guterres

    Guterres na ONU

    António Guterres foi aclamado esta quinta-feira secretário-geral da ONU. A agência Lusa reuniu uma série de citações sobre a escolha do antigo primeiro-ministro português para o mais alto cargo das Nações Unida. Conheça aqui o que foi dito sobre António Guterres.

  • A emotiva aclamação de António Guterres
    3:02

    Guterres na ONU

    A assembleia-geral da ONU confirmou esta quinta-feira a escolha feita pelo Conselho de Segurança, há uma semana. António Guterres foi aclamado como novo secretário-geral das Nações Unidas. No discurso, Guterres voltou a apresentar-se com "gratidão e humildade" e prometeu manter um "grande sentido de responsabilidade."

  • Guterres promete ser um mediador ao serviço de todos
    1:44

    Guterres na ONU

    No primeiro discurso na Assembleia-geral da ONU, após aclamação como 9.º secretário-geral das Nações Unidas, que iniciará funções em 1 de janeiro de 2017, António Guterres prometeu ser um mediador, trabalhar ao serviço de todos e proteger as mulheres e os mais fracos.

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".