sicnot

Perfil

Mundo

Gorila recapturado depois de fugir do zoo de Londres

(Arquivo)

© Thomas Mukoya / Reuters

Um gorila foi esta quinta-feira recapturado depois de ter conseguido escapar do local onde estava enclausurado, no Jardim Zoológico de Londres.

O incidente foi resolvido depois do animal ter sido encontrado, cerca de duas horas após a fuga, por membros do staff do zoo, que dispararam um tranquilizante para o dominar.

A fuga aconteceu por volta das 17h00 e obrigou alguns visitantes a trancarem-se no café do zoo durante vários minutos.

Uma das testemunhas, que visitava o zoo acompanhado pela filha e cunhado, disse à BBC que os três mostraram-se contra a decisão de atirar sobre o gorila.

A fuga acontece quatro meses e meio depois de outro gorila ter sido morto a tiro pelos responsáveis do zoo de Cincinnati, nos Estados Unidos, depois de uma criança ter caído para o local onde o animal estava enclausurado. Uma decisão que gerou muita polémica e revolta nas redes sociais.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.