sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes do Iémen negam ataque a navio de guerra dos EUA

© Reuters

Os rebeldes xiitas houthis do Iémen negaram hoje terem disparado mísseis para atingir um navio de guerra norte-americano, como afirmam os Estados Unidos.

As afirmações norte-americanas "não têm fundamento", afirmou um responsável militar ligado ao campo dos rebeldes à agência governamental Saba, citada pela France Press.

"O exército [aliado dos rebeldes] e os comités populares [milícias] não têm nada a ver com essa ação", acrescentou.

Os Estados Unidos anunciaram hoje que bombardearam três alvos em zonas do Iémen controladas pelos rebeldes houthis, após ataques com mísseis a barcos de guerra norte-americanos no domingo e na quarta-feira.

Um navio de guerra dos EUA, o USS Mason, foi na quarta-feira visado novamente ao largo das costas do Iémen por um tiro de míssil, sem sucesso, três dias depois de um incidente similar, revelou no mesmo dia um dirigente norte-americano.

O navio utilizou contramedidas para anular o míssil, mas não está claro se foram estas que provocaram a queda do engenho no mar, especificou aquele dirigente.

Tal como no ataque anterior, ocorrido no domingo, o míssil foi disparado a partir de um território controlado pelas milícias houthis, ainda segundo a mesma fonte.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..