sicnot

Perfil

Mundo

Ban Ki-moon desloca-se ao Haiti para dar impulso a angariação de fundos

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon desloca-se no sábado ao Haiti para visitar zonas devastadas pelo furacão Matthew, numa altura em que a campanha para angariação de fundos atraiu poucos doadores.

Ban vai visitar Les Cayes, na costa sul do Haiti, uma das cidades mais duramente atingidas pelo Matthew, e encontrar-se com os líderes do país, indicou o seu gabinete.

As Nações Unidas lançaram um 'apelo relâmpago' para 120 milhões de dólares para ajudar o Haiti a lidar com a pior crise humanitária desde o sismo de 2010. Apenas 6,1 milhões de dólares foram angariados até agora, cerca de 5% do total pedido, indicou o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric.

Pelo menos 473 pessoas morreram quando o furacão de categoria quatro atingiu o país a 04 de outubro.

Na segunda-feira, Ban disse ser necessária uma "resposta massiva" para lidar com a destruição, com 1,4 milhões de pessoas a necessitar de ajuda urgente depois de muitas cidades e vilas terem sido praticamente apagadas do mapa.

Lusa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.