sicnot

Perfil

Mundo

Zeinab no corredor da morte, Amistia e HRW alertam para caso da jovem iraniana

Zeinab Sekaanvand tem 22 anos e foi condenada à morte no Irão. A sua execução foi adiada, mas desde 13 de outubro que pode acontecer a qualquer momento. A Amnistia Internacional e a Human Rights Watch estão a enveredar todos os esforços para evitar a morte desta jovem mulher. Vítima de um processo injusto, Zeinab viu a sua execução adiada por estar grávida, mas perdeu o bebé poucos dias antes da data prevista para o parto.

De uma família curda, com muito poucos recursos, fugiu de casa aos 15 anos para casar com um jovem quatro anos mais velho. Depositou em Hossein Sarmadi a esperança de uma vida melhor, mas o marido acabou por transformar o seu quotidiano num inferno.

Zeinab pediu insistentemente o divórcio e tentou tudo para escapar às agressões frequentes. As queixas às autoridades não surtiram qualquer efeito. De acordo com as organizações de direitos humanos, a polícia nem sequer investigou o caso.

Foi detida em 2012, tinha na altura 17 anos. A polícia encontrou Hossein morto e afirma que Zeinab confessou o crime. Os primeiros 20 dias de detenção foram passados numa esquadra de polícia, onde foi agredida e torturada pelos agentes, segundo a Amnistia Internacional.

Na última sessão do julgamento, durante o qual nunca contou com o apoio judicial ou familiar, Zeinab recusou a autoria do crime, mas a Amnistia refere que acabou por ser forçada a confessar o homicídio. Em outubro de 2014 foi condenada à morte por enforcamento.

Na prisão, voltou a casar e engravidou. A execução foi adiada devido à sua condição, mas no mês passado, a poucos dias do nascimento, perdeu o bebé.

De acordo com os médicos, o aborto aconteceu porque Zeinab entrou em estado de choque quando a sua amiga e colega de cela foi condenada à morte por enforcamento. Este é também o destino que enfrenta Zeinab, a menos que as organizações de direitos humanos e a diplomacia internacional consigam impedir a execução.

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano