sicnot

Perfil

Mundo

Dois norte-americanos libertados no Iémen após mediação de Omã

© Mohamed Al-Sayaghi / Reuters

Dois cidadãos norte-americanos "retidos" no Iémen foram libertados após mediação de Omã e transportados este sábado à noite para Mascate num avião do exército omanense para serem reencaminhados para o seu país, noticiou a agência oficial Ona.

Citando um porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros de Omã, a agência precisou que os dois cidadãos norte-americanos tinham embarcado no mesmo avião que, horas antes, transportara feridos do massacre do fim de semana passado em Sanaa, a capital iemenita, controlada pelos rebeldes xiitas Huthi.

A agência oficial omanense não revelou a identidade dos dois norte-americanos e também não referiu nem as razões nem a duração da sua "retenção" no Iémen.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.